Imagem com fundo verde e o texto em destaque:

Consumo consciente com a Green Friday: o que é e por que você deveria se importar?

arara school Nov 23, 2021

Ter consumos e hábitos conscientes é cada vez mais importante para o planeta. Chegamos a um ponto na crise climática que pode não ter volta e para tentar reforçar a urgência de ações, vamos dedicar nossas ações desse período do fim de ano e vendas, também conhecida como Black Friday, para conscientizar você sobre essa mudança. E para isso, até novembro 26, 2021, você recebe 30% de desconto usando o cupom GREENFRIDAY2021. Se inscreva agora.

Por que precisamos falar sobre isso?

Estamos vivendo um período de consumo desenfreado e caso a gente não escolha por fontes sustentáveis ou tome um conjunto de ações conscientes, corremos o risco de não conseguir reverter o quadro de aquecimento global. O problema, além de colocar em risco toda a natureza, também ameaça toda a humanidade, afinal, todas as entidades e ecossistemas compartilham o mesmo planeta.

Para reforçar a urgência, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou a campanha "Não escolha a Extinção", onde o cantor Milton Nascimento dublou um vídeo e afirmou: "A mensagem desta campanha é urgente. Se não fizermos algo para impedir que a mudança global do clima continue a devastar a natureza, poderemos ser extintos".

No vídeo, um dinossauro dublado pelo Nascimento se encontra com lideranças políticas de todo o mundo em uma reunião da ONU. Neste encontro, o dinossauro fala "é hora de os humanos pararem de dar desculpas e começarem a fazer mudanças" e relembra o motivo da sua extinção "pelo menos a gente tinha um asteróide", e finaliza com a provocação: "qual é a desculpa de vocês?"

Apesar dos alertas de especialistas sobre a necessidade urgente na tomada de ação, muito curiosamente, essa mensagem ganhou força e vem ficando mais forte através da juventude que renova nossas esperanças.

Uma das vozes da juventude que ganharam destaque foi a de Greta Thunberg, a jovem ativista eleita como pessoa do ano pela Times em 2019, especialmente no seu discurso realizado para a ONU em 2019, onde ela afirmou: "... vocês roubaram meus sonhos e minha infância.".

Como ações a serem tomadas, a jovem ativista convida as lideranças globais a seguirem a ciência. Ela reforça que os problemas causados pelo atual ritmo de consumo e emissões de carbono afetam o planeta como um todo hoje, mas a consequência será paga pelas próximas gerações, no qual a Thunberg estará na fase adulta.

A solução? Tentar reduzir as taxas de emissões de carbono nos próximos anos para, talvez, manter o aumento da temperatura média global abaixo de 2º C. Não é atoa que hoje você está vendo vários avisos sobre essas emissões, até mesmo na compra de passagens ou sugestões de rotas no Google Maps.

A mudança começa com você

Apesar de soar simples, é um tremendo desafio fazer isso em escala global e cada vez mais, as grandes corporações e entidades estão tentando se adequar para lidar com a crise climática. A ONU tem um papel importante de conscientizar e guiar as empresas nesse caminho, mas a mudança pode começar por você e com as suas pequenas atitudes

Algumas coisas que você pode considerar: 

  1. Evite o uso de plásticos descartáveis derivados do petróleo;
  2. Busque formas alternativas ao combustíveis fósseis;
  3. Reduza o uso do meio de transporte individual, e favorecer o meio coletivo;
  4. Diminua o consumo de carne e leite.

Não precisa ser tão difícil assim. Hoje, há diversas alternativas veganas, vegetais e recicladas que podem favorecer o consumo consciente em diversos segmentos: desde shampoo em barra vegano até carnes veganas; de roupas recicladas até bicicletas recicladas (e algumas elétricas). Além disso, desde 2010 o Brasil tem políticas públicas, especialmente através do Plano Nacional dos Resíduos Sólidos, que incentivam e promovem o consumo consciente, mas o avanço continua lento no Brasil.

É um problema complexo para um mundo complexo

A crise climática é um problema sério e afeta todas as pessoas ao redor do mundo. Contudo, infelizmente existem outros problemas tão complexos quanto. Da mesma forma que você pode ter um papel importante para atenuar o aquecimento global, existem também formas de se conscientizar e atuar em outros problemas que englobam outros setores.

Uma dica para você saber mais sobre eles e pensar em possíveis soluções, é conhecer os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), compostas por 17 objetivos que compõem a Agenda 2030 da ONU. 

Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades

A responsabilidade, apesar de global, cabe a cada pessoa fazer a sua parte individualmente. A nossa parte está sendo convidar você a refletir sobre esse período e talvez ressignificar o seu consumo nesse período. A responsabilidade é grande, mas acreditamos que cada pessoa, incluindo você, pode fazer uma grande diferença.

Você pode ter um consumo consciente com pequenos gestos: 

  • Dê preferência para itens sustentáveis (roupas, shampoos, comida, utensílios, etc);
  • Reflita sobre o que a compra em si significa para você (ou seria apenas mais um sapato que você nunca usou?)
  • Que tal experimentar doar nesse período? Doar roupas ou até mesmo doar itens eletrônicos para instituições fazerem reciclagem ou reaproveitamento desses itens. Você nunca sabe quem você pode estar ajudando. 

A nossa Green Friday para você

A gente sabe que a Black Friday cria vários incentivos e gatilhos para a gente comprar coisas nesse período, mas você pode escolher onde investir. A educação é uma das poucas coisas que a gente falou lá em cima, mas apenas reforçando:  até novembro 26, 2021, a gente tá dando 30% de desconto através do cupom GREENFRIDAY2021. Se inscreva agora.

Olhe que a gente nem falou sobre a etimologia da palavra, onde explica que o termo já foi associado com a crise financeira que atingiu os Estados Unidos em 1869. Também passou a ser usado em 1966 por milhares de pessoas em torno do mundo, mas só se tornou popular em 1975, quando o uso do termo passou a ser conhecido por meio de artigos publicados em jornais que abordavam a loucura da cidade durante o evento. (wikipedia).

Mais artigos

Desrobotizando os Bots

Narrativas Conversacionais

Acessibilidade às pessoas usuárias no design conversacional

Se inscreva na nossa newsletter ✉️

Assine nossa newsletter e receba novos conteúdos por e-mail a cada duas semanas